Oportunidades e desafios fazem parte do cotidiano dos empreendedores brasileiros, ainda mais quando o assunto são as vendas digitais.

Vivemos em dois mundos: o físico e o digital. As vendas também estão cada vez mais digitais com a mudança de hábitos de consumo nos últimos tempos.

Só que para muitos empreendedores brasileiros as vendas digitais ainda são um terreno inexplorado, cheio de mistérios, crenças, lendas e fantasias como aconteceu com os primeiros colonizadores do Brasil.

Para ajudar a desbravar essa terra de oportunidades que é o comércio eletrônico, a Tray em parceria com o E-Commerce Brasil realizou um estudo e traçou o perfil do lojista brasileiro.

Essa pesquisa é interessante porque mostra as motivações e dificuldades de quem se aventura no ambiente digital em busca de novos clientes.

Quem é o empreendedor digital brasileiro?

De acordo com o levantamento da Tray em parceria com o E-Commerce Brasil, 71% dos pesquisados disseram que são donos de um e-commerce, enquanto 21% trabalham em um. Os demais responderam que são profissionais relacionados a outros setores do mercado.

Já 38% responderam que atuam no e-commerce há menos de um ano. Enquanto isso, 21% afirmaram que têm uma plataforma de e-commerce de um a dois anos e 20% de 2 a 5 anos. Além disso, ainda na faixa de 20%, estão os que disseram ter o e-commerce há mais de 5 anos.

Como divulgam suas lojas virtuais

Para aproveitar as oportunidades e superar os desafios que as vendas digitais impõem as empreendedores brasileiros, a pesquisa trouxe dados importantes.

Com perguntas de múltipla escolha, os pesquisados foram questionados sobre quais os canais são mais utilizados para realizar a divulgação do e-commerce. Esses dados trouxeram informações importantes sobre a divulgação de forma orgânica nas mídias sociais, com destaque para:

  • Instagram 82%;
  • Facebook 72%;
  • YouTube 24%;
  • Pinterest 23%;
  • LinkedIn 9%;
  • TikTok 9%.

Já na divulgação de forma paga, 58% dos pesquisados responderam que usam o Facebook Ads e Google Ads. Apenas 5% afirmaram usar o Pinterest Ads e 3% LinkedIn Ads. Além disso, 4% anunciam na Rádio e 2% anunciam na TV.

O que os motivam a ter um e-commerce?

O estudo da Tray em parceria com o E-Commerce Brasil traz mais luz para quem ainda acha que as vendas digitais são uma realidade distante.

Há vários aspectos que motivaram os pesquisados a decidirem criar seus canais digitais para vender seus produtos.

Para 36% dos entrevistados a resposta foi o desejo de vender online. Por outro lado, para 34% a resposta foi a possibilidade de um negócio que funcione 24h por dia.

Além disso, 13% responderam ainda que a motivação principal é a independência financeira e para 9% foi a oportunidade de fazer um investimento mais barato do que a loja física. Ademais, para 8% foi a necessidade de uma renda extra.

Loja online domina as vendas no ambiente digital

Mesmo que apareçam novas técnicas, termos e novidades no ambiente digital; de longe, o canal mais utilizado é a loja online, com 93% das respostas.

Em seguida, estão as vendas realizadas pelo WhatsApp, com 68% das respostas, e os lojistas que vendem por intermédio de marketplaces, com 67% das respostas.

As redes sociais também representam uma parcela significativa, com 64% dos respondentes. Enquanto isso, o perfil do lojista brasileiro mostrou que 37% vendem pela loja física.

Por fim, 19% usam os influenciadores digitais e 16% os parceiros ou afiliados. E somente 3% vendem por intermédio de um aplicativo próprio.

Vendas via Marketplaces

A pesquisa revelou que 27% não usam os marketplaces para realizar vendas digitais. Já para 29% usam de 1 a 2 plataformas para realizar suas vendas. 

Enquanto isso, 28% usam de 2 a 5 plataformas. E, finalmente, 16% vendem em mais de 5 marketplaces.

Os maiores desafios para os empreendedores digitais

Sempre reforçamos aos nossos clientes que o investimento em uma plataforma de e-commerce ou marketplace representa, em média, 5% do valor total.

E o estudo da Tray em parceria com o E-Commerce Brasil comprova isso. Pois, para 40% dos pesquisados disseram que um dos maiores desafios é o investimento em marketing.

Como a pesquisa tinha perguntas de múltiplas respostas, as outras respostas foram:

  • 18% logística
  • 16% ter mais canais de vendas
  • 14% plataforma de e-commerce
  • 6% atendimento e pós-venda
  • 6% formas de pagamento

Você é sempre bem-vindo! Volte a comprar conosco!

De acordo com a pesquisa, Para manter contato com consumidores que já compraram no site, 38% dos pesquisados disseram que usam o WhatsApp como canal de comunicação para uma possível recompra no ambiente digital.

E ainda 32% disseram que fazem esse tipo de comunicação por meio de e-mail marketing e 30% fazem remarketing em plataformas de anúncios.

Por fim, 6% investem em clubes de assinatura ou programas de fidelidade. No entanto, uma parcela de 35% afirmaram que não realizam ações de recompra.

Como eles medem os resultados

Quando o assunto é saber se tem ou não tem retorno, a pesquisa revelou dados importantes sobre as métricas que os lojistas de e-commerce utilizam.

A taxa de conversão de vendas é a mais relevante para 56% dos pesquisados. Como havia a possibilidade de múltipla escolha, 54% disseram que acompanham o ticket médio (valor médio das vendas de um período).

Além dessas respostas, há outros dados que merecem atenção:

  • 42% taxa de pedidos aprovados
  • 34% ROI (retorno sobre investimento)
  • 30% taxa sobre carrinhos abandonados
  • 24% ROAS (retorno do investimento em publicidade)
  • 21% CAC (custo de aquisição de clientes)
  • 16% taxa de rejeição de páginas

Entretanto, 27% responderam que não acompanham métricas.

Esse estudo mostra que há muitas oportunidades nas vendas digitais e também desafios que os empreendedores brasileiros sempre terão que enfrentar.

Talvez, o maior desafio seja enfrentar a crença de que a empresa ainda não está preparada para vender no ambiente digital.

O melhor momento é o aqui e agora! Oportunidades e desafios surgem em qualquer ambiente, seja ele físico ou digital.

O que importa mesmo é que o seu negócio faça muitas vendas!