Comunicação interna nas empresas é tão importante quanto às áreas financeira e de marketing.

O que se fala, o que se comenta e o que se omite dos funcionários podem ter efeitos negativos nos negócios.

A comunicação interna tem o importante papel de evitar esses efeitos negativos e melhorar o ambiente de trabalho e a produtividade.

Fatos e boatos acabam se misturando no dia a dia e se não soubermos separar um do outro.

E dificilmente vamos conseguir saber em quem ou no quê acreditar. Muito do que se diz vira crença e acaba fazendo parte da cultura da empresa.

Grandes corporações sabem como é importante manter uma relação de transparência com os seus funcionários.

Isso tem relação direta com os investidores e com a sociedade, porque os funcionários são literalmente o rosto da empresa.

O que dizer e o que não dizer

Todo negócio tem informações estratégicas e confidenciais, que só algumas pessoas devem ter acesso.

O primeiro passo é classificar as informações de acordo com a sua importância e o grau de confidencialidade.

Um plano de negócios ou de marketing não pode cair nas mãos dos concorrentes.

Como dizem “o segredo do sucesso, é manter tudo em segredo”.

Só que muitos segredos também geram curiosidade e a vontade de ter acesso a informação privilegiada.

Sempre tem alguém que consegue descobrir o que está acontecendo na empresa sem ninguém dizer nada.

Meu nome é Leva, Leva e Traz.

Ter “funcionário agente secreto” com a missão de descobrir o que a diretoria está tramando não é bom para o ambiente de trabalho.

Isso gera um clima de que a empresa sempre tem um plano para prejudicar os funcionários.

Esse enredo de vilão querendo dominar o mundo, acaba fazendo com que todos se deem mal no final.

Conscientizar é sempre a melhor arma.

A criação de um código de conduta ética e moral é fundamental para esclarecer como cada um deve agir.

Um funcionário consciente e responsável do seu papel na empresa, sabe o que pode dizer ou não a respeito do lugar onde trabalha.

Reuniões e treinamentos são importantes para que todos na empresa tenham mais do que algumas noções.

Canais Abertos de Comunicação

Comunicação interna não é só aviso no mural e datas de aniversário de funcionários.

As paredes têm ouvido nas empresas, a rádio peão funciona muito bem e tem alcance longo.

Para evitar que boatos e falsas notícias se espalhem é importante criar canais de comunicação, onde todos saibam o que está acontecendo.

Também é importante que todos saibam que podem falar com seus superiores francamente para dar sugestões, apontar erros e apresentar soluções.

Comunicação interna é um processo dinâmico, que precisa de planejamento e ações contínuas.

É um processo que não é perfeito, mas pode e deve ser aprimorado com o tempo.

Assim, com todos falando a mesma língua o ambiente de trabalho fica melhor, mais leve e produtivo.